Português
Baixar WikiBit

Não importa se BTC vai chegar a US$ 100.000 em 2021, todo mundo vai investir em criptomoedas no Brasil, diz executiva da Hashdex

 Não importa se BTC vai chegar a US$ 100.000 em 2021, todo mundo vai investir em criptomoedas no Brasil, diz executiva da Hashdex WikiBit 2021-11-23 12:20

Autorização do Banco Central para o lançamento de ETFs de criptomoedas facilitou e tornou mais seguro o acesso dos investidores aos ativos digitais e o mercado deve continuar crescendo no país, acredita Roberta Antunes, executiva da Hashdex.

  Caio Prati Jobim

Não importa se BTC vai chegar a US$ 100.000 em 2021, todo mundo vai investir em criptomoedas no Brasil, diz executiva da Hashdex

  Autorização do Banco Central para o lançamento de ETFs de criptomoedas facilitou e tornou mais seguro o acesso dos investidores aos ativos digitais e o mercado deve continuar crescendo no país.

  Notícias

  “Todo mundo vai investir em criptomoedas no Brasil”, afirmou a chefe de expansão da Hashdex, Roberta Antunes, em uma entrevista ao site Invest News na semana passada. A confiança da executiva se baseia na afirmação de que o Brasil desenvolveu uma regulação mais amigável a esta classe de ativos e está à frente da maioria dos países, inclusive os EUA, no que diz respeito ao desenvolvimento de um ambiente saudável para o mercado de criptomoedas por aqui.

  A existência de cinco ETFs (fundos de índice) em negociação na B3, hoje, com mais de R$ 5,6 bilhões de ativos sob gestão, é a prova disso. A Hashdex foi a pioneira na oferta desta nova modalidade de instrumento financeiro, com o lançamento do HASH11 em abril deste ano. Atualmente, o produto é o terceiro mais negociado da B3, e já conta com cerca de 140 mil investidores e R$ 2,8 bilhões em recursos sob gestão.

  O HASH 11 é atrelado Nasdaq Crypto Index (NCI), um índice que é composto por oito criptoativos de acordo com a evolução do mercado. De três em três meses o NCI é rebalanceado de acordo com critérios pré-definidos para otimizar a rentabilidade do índice no longo prazo, afirmou a executiva da Hashdex. Hoje, os oito ativos que compõem o NCI são: Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Litecoin (LTC), Chainlink (LINK), Uniswap (UNI), Bitcoin Cash (BCH), Filecoin (FIL) e Stellar (XMR). Desde o seu lançamento em abril, o HASH 11 acumula 31% de valorização.

  Depois do sucesso do HASH 11, em agosto a gestora lançou o BITH11, atrelado exclusivamente ao Bitcoin, e o ETHE11, vinculado ao Ethereum, a segunda maior criptomoeda por capitalização de mercado.

  Enquanto isso, nos EUA, os primeiros ETFs de criptomoedas foram aprovados apenas de outubro para cá e ainda assim a SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos EUA) autorizou apenas o lançamento de ETFs de contratos futuros de Bitcoin.

  Um ETF atrelado ao mercado à vista do Bitcoin foi rejeitado pela Comissão no início deste mês. Antunes lembrou ainda que a primeira tentativa de aprovação de um ETF nos EUA aconteceu em 2013. Desde então houve mais de 10 pedidos negados antes que o ProShares Bitcoin Strategy ETF fosse lançado.

  No Brasil, os reguladores entenderam que a demanda por criptoativos estava aumentando, se consolidando como uma classe de ativos emergente que aprsenta uma boa descorrelação com investimentos financeiros tradicionais. Os ETFs se configuram como uma forma mais simples e segura de exposição ao mercado e foi isso o que levou os órgãos a aprová-los, disse Antunes.

  Muitos países não conseguiam entender criptoativos e ainda têm dificuldades de regular os ambientes de negociação destas moedas, além de diversas preocupações com manipulação de mercado. E acho que, nesse contexto, o Brasil foi um dos países que saíram na frente.

  Hoje, o Brasil já conta com cinco ETFs de criptomoedas em negociação na B3 e a demanda segue aumentando. Depois dos lançamentos bem sucedidos no Brasil, a Hashdex mira o mercado norte-americano, apesar dos entraves regulatórios. A gestora protocolou o pedido de autorização de um ETF nos EUA nos mesmos moldes do HASH11, baseado no NCI, o Victory Hashdex Nasdaq Crypto Index Fund. Embora acredite que se trata de um produtor “inovador”, as perspectivas de aprovação ainda são nebulosas, afirmou Antunes:

  “A Hashdex trabalha com a Nasdaq e com a Victory Capital nos Estados Unidos, acreditamos que é um produto inovador, mas ainda temos alguns passos na regulação que são difíceis de prever. A indústria está otimista, somos um líder global na categoria, estamos puxando algumas iniciativas nos EUA, mas ainda não temos novidades.”

  Quanto às previsões sobre os valores que o Bitcoin pode vir a atingir no curto prazo, a gestora da Hashdex prefere não fazer previsões. Apesar de as expectativas de que o BTC possa chegar aos US$ 100.00 tenham arrefecido com a recente queda do mercado logo após a nova máxima histórica de US$ 69.000, Antunes ressalta que as criptomoedas devem ser encaradas como um investimento de longo prazo.

  Antunes acredita que há muito espaço para que o mercado de criptoativos cresça ainda mais, inclusive no mercado brasileiro. Ela acredita que a popularização e adoção crescente desta classe de ativos e a sua descorrelação com o mercado tradicional vão fazer com que todo mundo se torne um cripto investidor:

  “Acho que vai chegar um momento em que vai ser normal todo investidor brasileiro, na hora de pensar a sua alocação, incluir criptomoedas na carteira. Ele vai pensar em ações, CDI, renda fixa, e naquele 2% ou mais de criptos em um universo de longo prazo, até cinco anos. E os ETFs vão facilitar essa exposição.”

  Os ETFs da Hashdex também fizeam que investidores se expusessem indiretamente às criptomoedas por meios de fundos multiestratégia, que reúnem uma cesta variada de ativos, às vezes até mesmo sem ter consciência disso. Por isso, disse Antunes, o número de investidores dos produtos da Hashdex é maior do que aqueles contabilizados exclusivamente pela B3.

  Futuramente, além dos planos de expansão internacional já em andamento, a Hashdex pode criar novos produtos atrelados a setores emergents do mercado de criptomoedas, afirmou a executiva. Games e NFTs estão sob o foco da gestora e as próximas novidades podem surgir por aí.

  Conforme noticiou o Cointelegraph Brasil recentemente, a Hashdex fechou uma parceria com a Brave, navegador de internet focado na privacidade do usuário que tem a sua própria criptomoeda nativa - o BAT.

  LEIA MAIS

  •   A Emergência da Realidade Digital

  •   Animação holandesa e agenda Blockchain/cripto

  •   Registro de terrenos do governo sueco logo realizará a primeira transação de imóveis usando Blockchain

  Direcione seus links para OKEx em artigos, blogs e vídeos, ou coloque anúncio em seu site. O melhor programa de afiliados está na OKEx com comissões de 60%, as mais altas do mercado.

  Obtenha seu link agora na OKEx!

  •   #Criptomoedas

  •   #Brasil

  •   #ETF

  •   #Regulamentação

  •   #USA

  Notícias relacionadas

  •   Vulnerabilidades dos protocolos DeFi são responsáveis pela maior parte dos roubos de criptomoedas em 2021, que já somam US$ 681 milhões

  •   3 razões pelas quais o Keep3rV1 (KP3R) atingiu uma nova máxima histórica este mês

  •   Bitcoin começa semana em queda e 3 tokens apresentam as piores performances: CHZ, SUSHI e NEAR

  •   Hashdex, gestora do HASH11, supera a marca de R$ 5 bilhões em ativos sob gestão

  •   Congressistas americanos pedem aprovação de ETFs de BTC em encontro com presidente da SEC dos EUA

  •   'Apertem os cintos': um novo ETF de Bitcoin pode ser aprovado nos EUA e levar o BTC para uma alta de mais de 100%

  Escolha do editor

  •   Bitcoin sofre com novas quedas e abre a semana defendendo suporte importante em U$S 55.000

  •   Exclusivo: Bradesco anuncia parceria e vai vender tokens de crédito de carbono para seus clientes

  •   Top 5 criptomoedas para ficar de olho nesta semana: BTC, AVAX, MATIC, EGLD, MANA

  •   Vasco da Gama lança coleção de NFTs para relembrar pioneirismo na luta contra preconceito racial

  •   'Metaverso é real', diz Charles Hoskinson - Conheça 5 jogos da Cardano com alto potencial de valorização

  Cointelegraph YouTube Inscreva-se

  Publicidade

  Bitcoin BTC/BRL

  324.551 +1,97%

  Ethereum ETH/BRL

  24.482 +5,39%

  Litecoin LTC/BRL

  1.200 +1,67%

  Ripple XRP/BRL

  5,93 +2,03%

  EOS EOS/BRL

  23,58 +1,05%

Isenção de responsabilidade:

Os pontos de vista expressos neste artigo representam a opinião pessoal do autor e não constituem conselhos de investimento da plataforma. A plataforma não garante a veracidade, completude ou actualidade da informação contida neste artigo e não é responsável por quaisquer perdas resultantes da utilização ou confiança na informação contida neste artigo.

Corretora relacionada
UMA
UMA
Classificações de reputação
UMA | 2-5 anos
EGLD
EGLD
Classificações de reputação
Elrond | 5-10 anos
LTC
LTC
Classificações de reputação
Litecoin | 10-15 anos
CHZ
CHZ
Classificações de reputação
Chiliz | 5-10 anos
XRP
XRP
Classificações de reputação
Ripple | 10-15 anos
SUSHI
SUSHI
Classificações de reputação
SushiSwap | 2-5 anos
XMR
XMR
Classificações de reputação
Monero | 10-15 anos
MATIC
MATIC
Classificações de reputação
Matic Network | 5-10 anos
NEAR
NEAR
Classificações de reputação
NEAR Protocol | 2-5 anos
UNI
UNI
Classificações de reputação
Uniswap | 2-5 anos
LINK
LINK
Classificações de reputação
Chainlink | 5-10 anos
KP3R
KP3R
Classificações de reputação
Keep3rV1
ELA
ELA
Classificações de reputação
Elastos | 5-10 anos
FIL
FIL
Classificações de reputação
Filecoin | 2-5 anos
EM
EM
Classificações de reputação
Eminer | 5-10 anos
BCH
BCH
Classificações de reputação
Bitcoin Cash | 5-10 anos
BOA
BOA
Classificações de reputação
BOSAGORA | 5-10 anos
BAT
BAT
Classificações de reputação
Basic Attention Token | 5-10 anos
EOS
EOS
Classificações de reputação
EOS | 5-10 anos
OKEX kr
Regulamentado
OKEX kr
Pontuaçã

8.06

2-5 anos | Licença de moeda digital | NMLS Dos Estados Unidos | Licença Financeira Comum | MSB Dos Estados Unidos | Superação de operação suspeita | Risco potencial alto
FUND
FUND
Classificações de reputação
Unification
AVAX
AVAX
Classificações de reputação
Avalanche | 2-5 anos
VAI
VAI
Classificações de reputação
VAIOT | 2-5 anos
ETH
Destaque
ETH
Classificações de reputação
Destaque | Ethereum | 10-15 anos
INDEX
INDEX
Classificações de reputação
Index Cooperative | 2-5 anos
BTC
Destaque
BTC
Classificações de reputação
Destaque | Bitcoin | 15-20 anos
TOP
TOP
Classificações de reputação
TOP
MANA
MANA
Classificações de reputação
Decentraland | 5-10 anos
OKX
Regulamentado
OKX
Pontuaçã

8.42

10-15 anos | Licença de moeda digital | NMLS Dos Estados Unidos | Licença Financeira Comum | MSB Dos Estados Unidos | Superação de operação suspeita | Risco potencial alto
  • Conversão de Token
  • Conversão de taxa de câmbio
  • Cálculo de compras de divisas
/
PC(S)
Taxa de câmbio atual
Montante reembolsável

0.00